terça-feira, 1 de maio de 2007

Sem título!

O precário equilíbrio entre as minhas forças duais: O bem e o mal!
Aquela aparente inocência realmente se foi...Depois de um processo duro de amadurecimento, ninguém passa incólume, perde a ternura sim...Che Guevara que me desculpe, mas non hay como!
E o post abaixo perde todo o sentido...É assim, a total precariedade do equilíbrio!!!!

Ardendo em febre!

3 comentários:

DaniG. disse...

Afe ! Não ha paracetamol que baixe essa febre. Adooooooro

I'm no one! disse...

Dani...a febre passa, mas o estado febril é permanente, rs! Beijos

Doroty disse...

Merecia ser postado, amiga. Merecia!
Xero